14 de março de 2016

Transcedência Universal - Deus e o Diabo

 





Nos transcendentes universos
Encontramos um Deus
Solitário ao longos versos
À mercê dos filhos Teus

Vivente e incompreendido
Adotado ao velho esquecido

Logo na margem paralela
Um Diabo foi encontrado
Estampado àquela cela
Muito bem vangloriado

A um vento enriquecido 
Daquele sopro esculpido

***

 Juntos confrontam os segundos
Àquelas humildes expectativas
Dos corações mais profundos
De todas as alianças vivas

Onde ouvem todas as batalhas
Dos povos – aqui - inconstantes
Que engolem todas as medalhas
Tornando sempre mais distantes

 ***

Os povos - ainda - se vestiram
Com as águas mais profundas
Dos holocaustos que caíram
Das situações barafundas
 
Sempre dançando às suplicações
Brindando o ego consciente
No terremoto de humilhações
Da serenidade inexistente

Que na - total sem igual - hipocrisia
Puseram Deus e o Diabo na caserna
A andarem juntos noite e dia
Na consciência – humana - eterna

*** 

Imagem e texto: Cássia Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário