5 de junho de 2014

A dor do coração


Aos prantos este coração vive
para ser libertado dessa dor
dor que agora, nele convive
pois, agora domina o rancor

Em cada batida há um suspiro
por uma sábia atitude correta
enquanto isso num leve respiro
seu pranto acalma e ele ajeita

Então, um pensar significativo
tomou conta definitivamente
e a dor alivia completamente

Tentando saborear um cultivo
ele se enche do bom alimento
o Amor, seu bom sentimento

Por: +Leia

4 comentários:

  1. Só ele pode afastá-la...
    :)
    Lindo, Cássia!

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras, parabéns.
    Caso queira conhecer as minhas.
    Abraço.

    http://palavrasmaisrimas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo, obrigada!
      Estou seguindo teu blog! :)

      Excluir